AECOPS - Associação de Empresas de <br>Construção e Obras Públicas

 
Concessão Litoral Oeste entregue ao consórcio da Brisa  
19/02/2009
 
O consórcio AELO, que integra a Brisa, MSF, Somague, Lena, Novopca e a Transport Infrastructure Investment Company venceu o concurso público internacional para a concessão rodoviária Litoral Oeste.
A Brisa disputou a fase final de negociações com o agrupamento liderado pela Mota-Engil, os dois consórcios finalistas que foram apresentados em Dezembro do ano passado.
O anúncio do vencedor foi feito no final da semana passada, seguindo-se a audiência prévia dos concorrentes que têm agora dez dias úteis para se pronunciarem sobre a proposta de adjudicação efectuada. Decorrido este prazo, a Comissão de Avaliação de Propostas da EP-Estradas de Portugal elaborará o relatório final que procederá à adjudicação definitiva da Subconcessão Litoral Oeste.
Recorde-se que o concurso para esta concessão rodoviária foi lançado em Março de 2008, tendo o processo demorado cerca de 12 meses.
Para além da AENOR e da AELO, apresentaram propostas ao concurso outros dois agrupamentos: o Auto-Estradas XXI, liderado pela Soares da Costa, e o Grupo Rodoviário Litoral Oeste, que integra a Edifer, a Iridium Concesiones e a Dragados.

100 km de estradas

Esta concessão rodoviária, avaliada em 260 milhões de euros, implica a construção de 85 km de novas estradas, bem como a conservação e exploração de 24 km já existentes. Contempla a construção do IC2, do IC9, do IC36 e das variantes de Alcobaça e da Nazaré, nos distritos de Leiria e Santarém.
No âmbito da concessão, serão construídos 12,5 km do IC2, entre S. Jorge e Leiria, em perfil de auto-estrada, bem como novos lanços do IC9, entre Nazaré e Ourém, associados aos dois troços que se encontram em fase de obra, entre Ourém e Tomar.
A concessão Litoral Oeste implica, de igual forma, a construção da variante à cidade de Alcobaça, num total de 8,0 km, e da variante à Nazaré, com 6,0 km, que irá funcionar como uma via distribuidora do tráfego proveniente do IC9.
Nesta concessão está ainda integrada a construção da ligação em auto-estrada entre a A8 e a A1, na zona de Leiria (IC36), com uma extensão de 6,3 km.
As obras deverão estar concluídas em 2011.

Ponto de situação

No final do ano passado, foi adjudicada à Edifer a Concessão do Baixo Alentejo e, mais recentemente, no mês de Janeiro, foi entregue ao consórcio liderado pela Brisa a Concessão do Baixo Tejo.
Também já foram entregues as concessões Auto-estrada Transmontana (à Soares da Costa), Douro Interior (Mota-Engil), Túnel do Marão (Somague) e Douro Litoral (Brisa).
Em fase final de negociações está apenas a concessão da Auto-estrada do Centro.