AECOPS - Associação de Empresas de <br>Construção e Obras Públicas

 
Zagope ganha adjudicação na Mauritânia  
02/06/2005
 
A empreitada ganha pela Zagope na Mauritânia, no valor de 31 milhões de euros, marca o início da internacionalização da empresa e refere-se à construção de uma estrada com 100 km, entre as cidades de Rosso e Leixeba.
O início dos trabalhos está agendado para o corrente mês, prevendo-se a sua conclusão para 2008.
Mas esta não é a primeira vez que a Zagope marca presença na Mauritânia já que, no início dos anos 90, realizou algumas obras neste mercado.
De acordo com Rui Machado, assessor da administração da Zagope, a retracção do sector da Construção Civil e Obras Públicas em Portugal levou a que a empresa "sentisse necessidade de alargar fronteiras e procurar novos mercados", nomeadamente para países do Norte de África, como Marrocos, Tunísia, Argélia e Mauritânia.
A construtora encontra-se já a fazer estudos de mercado nestes países e a política de internacionalização passa ainda pelo mercado europeu e do Médio Oriente.
Actualmente, a Zagope lidera um consórcio de empresas portuguesas candidato às obras de extensão do metropolitano de Atenas, capital da Grécia, avaliadas em 723 milhões de euros. Fazem ainda parte deste consórcio a Construtora do Tâmega, a Soares da Costa e a Efacec Engenharia.
A Zagope tem vindo a especializar-se em obras subterrâneas que, no ano passado, representaram cerca de 40 por cento da sua facturação, num total de 154 milhões de euros.